terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Questão do momento: Homofobia

Vejo o BBB e o que está rolando na internet é a questão da Homofobia.

Li um artigo interessante da Fabíola Rupert que transcrevo:

"Existe mesmo a tão falada homofobia no BBB10?

Todos acusam Dourado de não gostar de gays, mas será que é isso mesmo?

Tudo começou quando Boninho resolveu dividir a casa. Ano passado, aconteceu a mesma coisa, mas a casa era dividida em lados, e não em tribos.

Na décima edição do BBB, entretanto, as pessoas tiveram que se encaixar (às vezes de forma um tanto forçada) em Coloridos, Sarados, Belos, Ligados e Cabeças.

Foi o que bastou para a confusão se instaurar. Os participantes do programa se viram colocados em rótulos forçados e desafiados a defender seus companheiros de "identidade" - mesmo que não se sentissem à vontade com isso. Angélica, a lésbica do BBB, algumas vezes chegou a afirmar que não tinha gostado nadinha dessa história de separação. "Eu sou muito mais que isso", disse ela a Dicesar certa feita. Dicesar, porém, aproveitou a denominação para abraçar calorosamente a causa - e lutar ferrenhamente contra qualquer ameaça a ela. Serginho foi o único dos três a quem o rótulo não pareceu significar nada mais do que isso: um rótulo.

Dicesar encontrou em Dourado tudo aquilo que ele considera não-colorido: machista, resistente ao diferente, lutador de vale-tudo. E começou a ver, em cada ação dele (como um arroto, por exemplo), um gesto de homofobia. Quando Dourado disse, na piscina, que um médico lhe havia dito que "homem hétero não pega aids", bastou para que Dicesar contasse a Michel, por exemplo, que o lutador disse que "todo gay tem aids". E de um grão de areia tudo virou uma imensa montanha de palavras soltas ao vento, respeito à opinião x politicamente correto, agressividade passiva x transparência agressiva.

E esse diz-que-me-diz (expressão muito usada nesta edição do BBB) se transformou, aqui fora, em uma grande histeria. Quem torce para o Dourado, por exemplo, é instantaneamente taxado de "homofóbico" pela internet, recebe mensagens agressivas e até ameaças. "Tomara que sua filha tenha seus dedos quebrados por um Dourado da vida" é uma delas, que fazia referência à ocasião em que o lutador, em confronto com Angélica, disse que, se ela fosse homem, ele quebraria seus dedos por ela ter apontado para ele e falado coisas que lhe desagradaram.

Este comportamento do público aqui fora é um reflexo da separação inicial que a Globo fez no programa? Sim e não. Sim, porque é normal que as pessoas se identifiquem com suas "tribos". Mas não, não é saudável que isso se transforme em algo antagônico ao reality show, que deveria apenas... entreter. As mesmas pessoas que atacam Dourado por ser "homofóbico" e "machista" são aquelas que, aqui fora, não titubeiam ao ameaçar uma pessoa de outra "tribo", ao julgá-la, ao atormentá-la por sua escolha. É essa a tolerância pregada?

E que se fechem os olhos ao fato de Angélica dizer que só usaria camisinha "se fosse uma p... ordinária". Que se tapem os ouvidos quando Serginho disse que já bateu em uma menina "em uma balada", e Michel concordou: "Fez certo". E Dicesar dizendo: "Tenho nojo de filme hétero"? Melhor fingir que não vimos.

Falar em heterofobia seria burrice, isso não existe: sim, os homossexuais são o lado mais fraco dessa história, anos de agressão física e moral por sua sexualidade, isso é claro. Mas achar que todo o programa BBB10 se centra no embate homossexuais x homofóbicos é de uma pobreza de pensamento que assusta. Ninguém é só isso, como disse Angélica. Nem ela, nem Dicesar, nem Serginho, nem Dourado (se é que ele é mesmo homofóbico, não vou entrar nessa questão). Nem o programa.

Enquanto isso, Serginho, o Colorido-desencanado, corre por fora, alheio a todo o violento embate, clamando sua preferência a Dourado, livre de rótulos limitadores, livre de qualquer pressão psicológica do jogo, livre das ameaças de seus companheiros de "tribo". Enfim, livre."

8 comentários:

Jakeline Magna disse...

Este tema está na boca de todos mundo... acho muito gratificante... adorei este seu post, ficou 10... bjsss

Bárbara Gusmão disse...

Só digo uma coisa: É TENSOO! Adorei o post ;)

Nanda Assis disse...

to com dourado ate o fim, e essa ideia ai é furada so p tentar derrubar o cara. homem q nem ele ta em falta, n existe mais, na verdade, e era tudo q eu qria era um assim.

bjosss...

Amanda Luna disse...

Olá,acabei de montar meu blog ( tá bem no comecinho mesmo)sou sua seguidora e se você puder me seguir tambem e me dar essa força eu agradeço muiiitooo.

bjs e parabéns pelo blog e, este post tá muito bom!!!
Preconceito tá fora de moda faz tempo e acho que o Dourado e outras pessoas que tenham qualquer tipo de preconceito deveriam parar p/ pensar que as pessoas poderiam ser mais livres e o mundo muito melhor sem esse sentimento!!!

sermulhereomaximo.blogspot.com

Buh disse...

Sou lésb(vou dar minha opinião aqui)
E sinceramente amei seu post, entendi o seu ponto de vista.
Bom eu ñ queria q a morango saisse, ñ por ela ter a msm opção q eu, mas sim por ser uma pessoa d fibra, forte e etc. Já o Dourado eu nunca suportei, acho ele mto machista, prepotente, leve e tras e etc, mas interessante seu post, bjo
Mas ñ é pq sou lésb que estou torcendo para os tais "coloridos" ...ODEIO ROTULOS! ñ sou produto neh, e adorei tbm qnd a morango ñ concordou na divisão, enfim ela tem opinião própria, e isso eu smp admirei nela!

Vida nova - fase nova disse...

Olá, tudo bem?
Gostei muito do seu post, tudo bem que o Dourado não é nenhum coitado, mas tudo o que ele fala pronto já é preconceito...
Preconceito esta sofrendo ele por não aceitar o comportamento de certas pessoas!!

beijoss

jefhcardoso disse...

Olá! Peço para que não repare em meus modos, sei que não são muito bem vindos os comentários de divulgação de blogs. Mesmo assim tenho dedicado algum tempo a este trabalho e quero lhe convidar a conhecer o meu http:jefhcardoso.blogspot.com , onde publico os meus poemas, contos, crônicas e atualmente meu primeiro microconto (“O Aparelho Digestório”).
Indo de blog em blog>> descobri os de assuntos femininos e várias seguidoras destes acabaram por tornar-se freqüentadoras de meu espaço.
Caso você possa visitar-me terei imenso prazer em retribuir a sua visita. Abraço: Jefhcardoso.

Vanessa Valadares disse...

Amei o post...concordo com tudo. O dourado pode ter pecado em algumas falas, mas daí dizer que ele é homofobico e criar toda uma ppolêmica, achei forçado. No início eu gostava muito do Dicesar, agora não, e por enquanto até que ele se traia eu torço é pro Dourado.
Beijokas