quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Rita Lee é a minha mãe

A música que eu cantava para minha mãe na adolescência era Ovelha Negra.

Cantava com a boca boa e a voz sofrível. E ainda mudava a parte do pai:

"Foi quando meu pai minha mãe me disse: - Filha, você é a ovelha negra da família..."

Ontem, assistindo ao Prêmio Multishow tive a certeza que aquela mulher que recebia emocionada o troféu das mãos da neta Isabela era minha mãe.

Para minha surpresa, depois que viraram vovós elas se tornaram iguais...





















DSC06960.JPG

Avós: são ótimas, mas cuidado, quando voltam da casa dela é um custo para botar no lugar.



10 comentários:

HSLO disse...

RSRS....gostei viu. Eu também assistir.


Abraços


amigo,

Hugo

Luciane Miranda disse...

hahaha
=D
Adorei
^^

e seu blog ta bem legal viu!
bjs
http://sodesaltoalto.blogspot.com/

Cláudia Paulino disse...

ANINHA, ADOOORO A RITA, TENHO UMA TIA QUE TEM O JEITINHO DELA TBM !!! JÁ PENSEI EM COLOCAR MÚSICAS DELA LÁ NO BLOG, DAQUELAS ANTIIIGAS QUE ADOOORO !!! NÃO DEU PRA VER A FOTODA SUA MÃE, MAS ME LEMBRO DELA E SEI QUE É BEM BONITONA. BEIJOS QUERIDA

Mônica disse...

Sabe que essa é a única música que sei tocar no violão?! rsrsrsr

Manda pra mim o link da sua comunidade de cinema no Orkut!


bjs

Dea アンドレア disse...

hehhehehe
pior que é verdade!!

Evelyn Oliveira disse...

Olá,
Estou meio sumida, mas é pq começou as aulas da faculdade, então já viu né?!!!
Bom...Tô passando no cantinho de cada uma pra deixar uma abraço e dizer que logo logo vai acontecer um sorteio lá no blog, então, fique ligada e sempre dê uma passadinha por lá para conferir.
Também está rolando um novo espaço, que é o EU USO, onde todas as leitoras poderão participar, todos os detalhes estão lá no cUpCaKe AnD rOcK'rOll, estou esperando por vc.

Bjos e até +

Renata Sabino disse...

Fui ao prêmio e quando a homenagem começou , quando a netinha apareceu, as coisas foram acontecendo eu simplesmente falei" A Rita Lee é a minha mãe!" No dia seguinte era aniversário da minha mãe por sinal!
Quando li esse título fiquei impressionada! Curioso, né!
Você se importaria de quando eu completasse meu post sobre o assunto, com o mesmo título por sinal eu te linkasse?!
Adorei, e btw, parabéns pela mãe! Você é uma pessoa feliz!

expresso moda disse...

Rita Lee é minha conterrânea!Somos ambos de Americana,SP!


bjs!

Coisas da Sil disse...

Ouvi muito na minha adolescência!
bj

edson marques disse...

Agradeço por ter publicado aqui parte do meu poema Mude. Pena que você, por um desculpável engano, diz que é de Clarice Lispector.

Não é.

Foi o Google que me contou... rs!

Espero que possa ler o livro Mude, que já foi editado pela Pandabooks, com prefácio de Antonio Abujamra. Além de ter sido gravado na faixa 4 do CD Filtro Solar, do Pedro Bial.


Abraços, flores, estrelas..