sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Cara Pintada - eu fui

Não tive este diálogo, mas poderia ter tido:


"Sinais dos Tempos"- Pensamentos Transitivos



– Amiga, fiquei velha.
– O quê?
– É... Senti.
– Como assim?
– Te falei que estou tendo umas aulas com o primeiro ano? Então, dia desses a professora de semiótica passou umas propagandas “antigas” – friso no adjetivo – E eu conhecia todas, claro. A do leite caramelizado com flocos crocantes, a do primeiro sutiã, todos aqueles clássicos. Sabe qual tinha também? Aquela do “o tempo passa... o tempo voa...”
– E a poupança Bamerindus continua numa boa!
As duas: – É a poupança Bamerindus!
– Pois é! E você acredita que ninguém conhecia? Eu cantei a música sozinha. Só eu e o carequinha. Quando o vídeo acabou tava todo mundo olhando pra minha cara.
– Você fez o “dus, dus, dus” do final?
– Fiz...
Gargalhando: – O “dus, dus, dus” é foda, vai?
– E não parou por aí. A professora começou a falar sobre a campanha do Collor, o conceito de que ele iria “colorir” o Brasil e tal, e eu comentei sobre um comercial que está passando na TV agora, acho que é do PPS, que sugere que o governo vai confiscar a poupança como o Fernandinho fez. Você viu isso?
– Vi. É do PPS mesmo. Achei uma irresponsabilidade sem tamanho. Rolou até uma corrida às poupanças. No mês passado, o povo sacou mais do que depositou. Pra você ver como o fantasma do confisco ainda é forte. E é óbvio que eles estão se valendo disso.
– Esse tipo de comparação, que se sustenta na ignorância do povo, me deixa puta da vida. Porque as duas medidas são completamente diferentes, em épocas extremamente distintas, realidades econômicas opostas, fases do capitalismo incomparáveis. Enfim... nada, nada a ver.
– Mas parece que vão ter que mudar mesmo. Os juros caíram muito e aí os outros investimentos passaram a ter quase o mesmo rendimento. Só que a poupança não paga imposto de renda e não tem risco nenhum. Tô por dentro, amiga. Cobrir economia tem dessas coisas.
– E o que o governo quer, falando em português claro, é que a galera gaste dinheiro sem dó.
– Bom, nada se compara ao que o Collor fez, mas eu espero que não acabem com as minhas parcas economias, né? E o que que a piralhada tem a ver com isso?
– Eu engatei num papo animadíssimo com a professora sobre o governo Collor, sobre as mutretas, PC Farias, Casa da Dinda e a época que o escândalo veio à tona. E a classe em silêncio absoluto. Todo mundo com cara de conteúdo, ouvindo atentamente a conversa, mas sem falar nada. Aí eu não aguentei. Tive que perguntar se eles “conheciam a história” do impeachment do Collor, porque lembrar eu já tinha percebido que não seria o caso.
– E aí?
– Alguns acenaram com a cabeça, outros olharam pro lado. E eu apertei: “Vocês sabem que ele ‘caiu’ por causa de uma Elba, né?”
– Nossa, é mesmo!

Continua aqui



8 comentários:

Ozenilda Amorim disse...

Eu não fui cara-pintada, embora tivesse idade, eu não participei. Já era policial e trabalhava na segurança ostensiva da Casa da Dinda e vi coisa naqueles 7 meses que antecederam o Impec... isso mesmo que você se lembra.kkkk
Não estava lá no fatídico dia, pois entrei de férias alguns dias antes. Vibrei muito em ver toda aquela porcaria acabar. Pena que foi só um capítulo, pois tudo continua.
No mais, garota, passei por isso na faculdade, embora tivesse gente mais velha do que eu. Fui a única disposta a pagar o mico de cantar a musiquinha das 'balas de leite kids': a melhor bala que há.

Rê :) disse...

Nossa... tu foi!!! Eu tinha 6 anos na época! E me lembro tudinho, heheheeh!

Bjos, bom findi ;)

Carlinha disse...

Bjos flor e um bom final de semana!!!

Sofia disse...

Oi!! Também dou se BH. Passa pra ver meu blog também.

Nanda Albuquerque disse...

Orá, tbém sou velha assim, hahaha.
Liga não, tó aqui um chocolate (http://dandopintanainternet.blogspot.com/2009/04/tpm-de-novo.html).

bêê tóó
P.S. A Sofia que comentou trabalha comigooooo

HSLO disse...

Nossa...me lembro bem, viu.,


Me linka ai ao seu blog. vai


abraços


Hugo de Oliveira

Sofia disse...

Corro na lagoa seca terça e quinta e na pampulha sábado de manhã. Hj fui, tava muito bom!!! Vê se corre mesmo. bj

Carol Marques disse...

Nem me fale como o tempo ta passando rapido... Qdo me lembro q o muro de Berlim foi ha tao pouco tempo.
Mas, mto legal vc ter sido uma cara pintada, mto legal mesmo.

Bjo